domingo, 6 de outubro de 2013

Alecrim é campeão da Copa do Brasil de Rugby


Um ano após chegar à final da Copa do Brasil de Rugby e não levar o troféu, o Alecrim mostrou que não desiste tão fácil de alçar voos maiores. Com a melhor campanha da competição e um saldo quase 500 pontos no acumulado do ano, a equipe voltou à decisão, dessa vez como favorita, e, com uma vitória por 33 a 7, superou o Charrua-RS, garantindo o título inédito da competição nacional e a chance de acesso à divisão de elite do esporte.

Apesar da felicidade e alívio com a conquista, ainda não é hora de pensar em férias no Alecrim, já que o título garantiu a classificação à repescagem da principal divisão de rugby brasileiro, o Super 10. No próximo dia 26, no Ninho do Periquito, na Grande Natal, a equipe enfrenta o Belo Horizonte, último colocado do grupo de elite, e o foco já está nessa próxima partida.

“É muita felicidade por esse momento e ficamos com aquele sentimento de dever cumprido. Tínhamos esse sonho, mas agora já passamos a ter outro objetivo, que é entrar no Super 10. Vida de atleta é assim. Sempre que se alcança uma meta, é preciso buscar uma nova ainda maior”, disse o capitão Vitor Medeiros, que tem visão parecida com a do técnico Franco Fiaschi.

“Honestamente estou muito feliz, até por ter sido uma vitória muito boa para uma final, mas, para ser sincero, meu foco já está no jogo do acesso, dia 26. Essa conquista foi mais uma etapa para podermos disputar o acesso ao Super 10. Cumprimos o primeiro passo, estamos feliz, mas já temos que pensar na frente”, completou.

Sobre a importância de manter o foco logo após a conquista de um título inédito, o treinador se mostrou muito tranquilo. Para Franco, que já marcou treinos para esta semana, o Alecrim tem os atributos necessários para chegar a este novo patamar do rugby brasileiro.

Fonte Site do  Alecrim FC Foto de Gabriel Peres

América-RN demite técnico Pintado após sequência negativa na Série B


O presidente do América-RN, Alex Padang, confirmou na manhã deste sábado dia 5 a demissão do treinador Pintado. A queda vem um dia após a goleada sofrida diante do Sport, por 3 a 0, na Ilha do Retiro, no Recife. O anúncio da saída do técnico foi feito pelo site oficial do clube.

Pintado chegou ao Mecão no dia 29 de agosto. Foram 10 jogos, com três vitórias, três empates e quatro derrotas.

A saída de Pintado foi determinada pela sequência de cinco partidas sem vitórias - empates com Joinville e Palmeiras, e derrotas para Guaratinguetá, Bragantino (em casa) e Sport.

Leandro Sena, técnico da equipe sub-20 do América, assume o comando interino, caso um novo treinador não seja contratado antes do confronto com o Paraná, na terça-feira.

Fonte Globo Esporte Natal

Série D: Domingo vai ter finalista e novo integrante da Série C em 2014


O Campeonato Brasileiro da Série D vai ter um domingo de decisões e definições. Além da disputa pela última vaga na fase semifinal, entre Tupi-MG e Mixto-MT, que define também quem conquista o acesso à Série C de 2014, o primeiro finalista será conhecido e sairá da disputa entre Botafogo-PB e Salgueiro-PE.

Os dois times nordestinos que se enfrentam pela semifinal já conquistaram o acesso para a Série C, assim como o Juventude-RS, que espera o classificado do confronto entre Tupi e Mixto para saber quem vai enfrentar na próxima fase.
No Estádio Almeidão, em João Pessoa (PB), Botafogo e Salgueiro jogam a partir das 16 horas. A partida, válida pela semifinal, garante o primeiro finalista da competição. 

Como o primeiro jogo terminou com vitória do Belo por 2 a 1, mesmo atuando em Pernambuco, o time paraibano pode até perder por 1 a 0 agora na volta. Para o Salgueiro, a classificação só vem com uma vitória por mais de dois gols de diferença ou por pelo menos 3 a 2.

Quartas de Final
No Estádio Municipal de Juiz de Fora, às 16 horas, o Tupi recebe o Mixto e joga por um empate sem gols ou uma vitória para se classificar às semifinais. Como o jogo de ida, em Cuiabá (MT), terminou empatado por 1 a 1, o Mixto precisa vencer ou empatar por pelo menos por 2 a 2, assim teria mais gols fora. Um novo empate por 1 a 1 leva a decisão para a disputa de pênaltis.

O Tupi só foi confirmado nas quartas depois que o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) do Rio de Janeiro eliminou o Aparecidense-GO, salvo pelo seu massagista em jogo polêmico em Juiz de Fora.

Fonte Agência Futebol Interior 

Espanhol: Neymar marca e comanda mais uma vitória do Barcelona


Com Neymar, o Barcelona mal sente falta de Lionel Messi. Sem o melhor jogador do mundo, machucado, o time catalão venceu sua oitava partida no Campeonato Espanhol neste sábado, ao fazer 4 a 1, de virada, sobre o Valladolid, no Camp Nou. Melhor em campo e autor de um gol, o brasileiro foi mais uma vez o destaque da equipe.

Com o resultado, o Barcelona segue líder 100%, com 24 pontos em oito rodadas. O Atlético de Madrid pode se manter empatado se, domingo, vencer o Celta de Vigo em casa. Ambos fazem as melhores campanhas de suas histórias.

Surpreendente, o Valladolid abriu o placar aos 10 minutos, com Javi Guerra ganhando de Adriano e cabeceando para fazer 1 a 0. Mas o empate não demorou e saiu dos pés de Alexis Sanchez, que arriscou de longe, acertou o ângulo, e fez um golaço.

Neymar, porém, era o destaque do jogo, criando chances para ele e para os companheiros. Aos 31, o brasileiro foi derrubado na área, em pênalti claro que o árbitro não anotou. Em todo o jogo, foram três faltas sofridas por ele dentro da área, não marcadas.

Assim, Neymar só conseguiu resolver mesmo no segundo tempo. Aos 7, fez jogada individual pelo meio, atraiu toda a marcação para si, e abriu para Tello na esquerda. O atacante inverteu para Xavi e o espanhol teve só o trabalho de empurrar para o gol.

O terceiro gol teve assistência de Neymar, que trabalhou como pivô e rolou na medida para Sanchez sair na cara do goleiro e marcar. O brasileiro, depois, seria recompensado com o quarto gol. O chileno teve a chance de mandar para as redes, mas foi solidário e premiou Neymar.

Fonte AFI

ABC vence líder da Série B e deixa a zona de rebaixamento após 27 rodadas


Em partida de cinco gols, o ABC venceu o líder Palmeiras por 3 a 2 no estádio Frasqueirão neste sábado (5). Com o resultado, oAalvinegro deixa a zona de rebaixamento da competição após 27 rodadas. O clube potiguar subiu três posições e está na 15ª posição com 29 pontos, chegando a sua quarta vitória consecutiva.

O ABC depende do Paysandu não pontuar na partida das 21h50 contra o Boa Esporte no estádio da Curuzu para se manter na 15ª colocação. O próximo compromisso do Alvinegro para se manter fora da Zona de Rebaixamento será na próxima terça-feira (8) contra o Joinville, às 21h50 na Arena Joinville.

Já o Palmeiras voltou a perder após nove rodadas, quando perdeu para o Boa Esporte pelo placar de 1 a 0 em agosto. O Alviverde segue líder da Série B com 59 pontos e jogará contra o Figueirense na próxima terça-feira (8), em São Paulo.

O jogo
A partida começou com o ABC pressionando o Palmeiras no seu campo de ataque e logo aos oito minutos, Somália recebeu de Giovanni e fez um passe rasteiro para Gilmar, que toca de primeira, no canto de Fernando Prass. ABC 1 a 0 Palmeiras.

O alvinegro permaneceu criando jogadas no ataque e abusando dos passes na área alviverde e dando espaço para a equipe paulista que respondeu aos 15 min com Wesley, em jogada pela esquerda e batendo cruzado, mas ninguém conseguiu chagar na bola.

O Palmeiras chegou ao empate aos 24 minutos com Alan Kardec que subiu mais que a defesa alvinegra e aproveitou o cruzamento de Wendel mandando no ângulo do goleiro Wilson Júnior.

Após o gol, a equipe paulista cresceu na partida e passou a pressionar o ABC, que investia nos contrataques se efetividade. E aos 31 minutos, o Palmeiras virou o placar da partida com Vílson, que aproveitou a falha do goleiro alvinegro em cobrança de falta de Wesley. Palmeiras 2 a 1 ABC.

O ABC tentava chagar na área palmeirense pelas laterais e nos 39 minutos o zagueiro Marcelo Oliveira derrubou Júnior Timbó dentro da área e o árbitro Marcos André Gomes da Penha assinalou a penalidade. Rodrigo Silva vai para a cobrança, desloca o goleiro Fernando Prass e solta a bomba no meio do gol, igualando o placar. Este foi o oitavo gol do atacante alvinegro na segundona.

Na segunda etapa, o jogo começou mais lento e truncado com os dois times abusando das faltas. O Palmeiras aparecia na área alvinegra, mas pecava nas finalizações e o ABC não conseguia sair da pressão palmeirense. Aos 17 minutos Wesley cobra falta na área, Serginho desvia de cabeça e André Luiz desvia quase marca para o Palmeiras.

Porém quem marcou foi o ABC com Lino aos 27 minutos. O zagueiro aproveitou o cruzamento de Wesley Bigu e marcou seu terceiro gol em três partidas. Após o gol, o alvinegro permaneceu pressionando o Palmeiras que buscava de todas as formas igualar o placar.

Aos 38 minutos foi a vez de Wilson Júnior fazer a diferença. Em cobrança de escanteio, Alan Kardec cabeceia firme e o goleiro tira a bola com a ponta dos dedos e mandando a para escanteio.

A arbitragem deu mais quatro minutos de acréscimo e o Palmeiras tentava acelerar as jogadas em busca do empate, mas esbarrava na sólida defesa alvinegra. O time Paulista não perdia há nove rodadas desde a derrota para o Boa Esporte por 1 a 0 no dia 24 de agosto.

Por Geraldo Miranda via Portal no Ar