sábado, 16 de novembro de 2013

ABC vence o ASA com requinte de crueldade



Antes da partida dessa sexta-feira, o ABC tinha enfrentado o ASA em 14 oportunidades e nunca tinha vencido a equipe alagoana. Mas, na noite de ontem, o time abecedista goleou o clube de Arapiraca/AL, por 4x1, pela 36ª rodada, chegou aos 42 pontos na série B e segue na luta contra o rebaixamento, agora na 14ª posição. Os gols foram marcados por Giovanni Augusto, Rodrigo Silva, Alvinho e Somália, para os donos da casa, enquanto Elionar Bombinha descontou para os visitantes. Com o resultado, o ASA é o primeiro time rebaixado para a série C do próximo ano. Agora, o alvinegro potiguar volta a campo no próximo sábado, contra o Avaí, novamente no Frasqueirão.

O ABC começou pressionando o ASA e antes dos dois minutos conseguiu abrir o placar. Maurinho fez boa jogada pela direita e chutou rasteiro. O goleiro da equipe alagoana soltou a bola e Giovanni Augusto, quase sem ângulo, chutou forte, para abrir o placar. A torcida presente no Frasqueirão fazia a festa, mas, o time, dentro de campo, não conseguia segurar os ataques do time de Arapiraca e se virava como podia na defesa.

O visitante, que precisava de uma vitória para não ser rebaixado, foi para cima do ABC e conseguiu empatar, depois que Elionar Bombinha desviou uma falta cobrada na área. Depois de empatar, o ASA dominou o jogo e só não virou o placar pela falta de pontaria dos seus atacantes.

No segundo tempo, o ABC dominou todo os 45 minutos, não dando chances para o ASA e marcou três gols para decretar a vitória. O primeiro foi com Rodrigo Silva, de pênalti, o segundo, com Alvinho, de cabeça e o terceiro de Somália, depois de arrancar do campo de defesa, passar por dois marcadores e tocar na saída do goleiro.

Depois do jogo, o volante Edson falou sobre a quebra do tabu.“Uma vitória para quebrar esse tabu de nunca vencer o ASA. Nosso time se dedicou dentro de campo e conseguimos esse resultado muito importante nessa reta final de campeonato”, afirmou o volante Edson.

Antes do jogo, o técnico abecedista, Roberto Fernandes, tinha dito que o time não poderia pensar no passado e esquecer o tabu diante do ASA e o time seguiu à risca.

Por Tribuna do Norte

A Radio Cabugi do Seridó transmite Malhada d' Areia e Tuiuiú pela Copa Manoel Paulino!


A Radio Cabugi do Seridó vem sendo nos últimos tempos a emissora que mais transmite jogos do futebol amador da região do seridó. Hoje a esportiva Jardinense transmite a partir das 15h direto do estadio Ruy Medeiros em Jardim do Seridó-RN, a partida envolvendo Malhada d' Areia vs Tuiuiú pela 1ª Copa Ex-Prefeito Manoel Paulino com a seguinte equipe de profissionais, narração Jarbas Fonsêca, cometários Magno César e reportagens de Cirilo Santos e J. Simões. 

Amanhã a Cabugi estará no sítio salgado município de Cruzeta-RN onde transmite a última rodada do campeonato Josinaldo Oliveira "O Cacheiro", entre Cerâmica União 1 vs Centenário as 15h, com Jarbas Fonsêca narrando, Mário Sérgio comentando e Francisco das Chagas o Meio Quilo como repórter. A Radio também está programando as coberturas dos jogos do campeonato Estadual de Futsal que serão realizados em Cruzeta nos dias 19, 26 de Novembro e 3 de Dezembro, em virtude da AABB/Currais Novos ter feito um acordo em mandar seus compromissos do quadrangular decisivo, ou seja 2º turno, na cidade Cruzetense. 

Os profissionais do timaço da Cabugi do Seridó já caíram em campo também para em mais um ano trazer a seus ouvintes a transmissão completa do tradicional campeonato Seridosão de futsal e vôlei que acontece no período de 9 a 22 de Dezembro na cidade de Jucurutu-RN, sobre o comando de José Wilson, sendo assim como foi dito outrora a que mais esta cobrindo os eventos esportivos amadores do Seridó. 

Por Jarbas Fonsêca

Futebol Potiguar: Baraúnas apresenta treinador e anuncia pacote de reforços


O Baraúnas começa a temporada em grande estilo! A diretoria realizou um jantar bastante requintado na quinta-feira, no Hotel Villa Oeste, para dar o pontapé inicial na temporada. O momento auge do evento foi à apresentação do técnico Edson Leivinha, que discursou para os centenas de torcedores presentes e o anúncio de alguns reforços.

Os nomes dos jogadores anunciados pela diretoria tricolor são o goleiro Danilo Aranha, os zagueiros Victor, Anderson Sobral e Pedroza, os volantes Carlos Alberto e Batata e o meia-atacante Wendes.
Edson Leivinha se apresentou em Mossoró em companhia do auxiliar-técnico Fernando Alves. O novo comandante do Tricolor se pronunciou para o público com bastante motivação e acredita que é uma das principais missões da carreira trabalhar em um clube tradicional do futebol nordestino.

“A vida é cheia de desafios. Esse é mais um desafio que encaro na carreira, sabendo que teremos dificuldades, mas isso é a vida. Assumir um clube tradicional como o Baraúnas é uma grande responsabilidade e a minha missão é dar alegrias ao torcedor do Baraúnas”, destacou Leivinha.

Alguns diretores do Leão do Oeste se pronunciaram para o público e o ponto mais enfatizado foi a grandeza da nação tricolor, que fez um evento histórico, mesmo após um rebaixamento do clube, o que comprova a fidelidade da torcida leonina.

A presidente Izabel Montenegro anunciou a entrada do presidente da Câmara dos Vereadores Francisco José Júnior na diretoria do Baraúnas, para o cargo de diretor de assuntos políticos. Ela enfatizou a responsabilidade de comandar o clube e elogiou a presença maciça da torcida.

“É com imenso prazer que falo para uma torcida tão apaixonada como a do Baraúnas. É uma responsabilidade muito grande ser presidente do clube, mas também uma satisfação, pois sinto o carinho a cada dia torcedor. Espero ter muitas alegrias para festejar nesse ano e escolhemos um técnico que tem um currículo a altura de conduzir o clube a grandes conquistas”, discursou Izabel.

Fonte Agência Futebol Interior

Poderemos ter uma segunda divisão na Copa do Nordeste

                                                                


Conversei com Eduardo Rocha, dirigente da Liga do Nordeste, e o maior responsável pela volta da competição.

Eduardo está animado com a competição do ano que vem, e revelou que a Liga trabalha com a possibilidade de ter dois clubes na Sul-Americana: ” Se o Vitória confirmar a vaga pelo Brasileiro, vamos abrir a vaga da Copa do Nordeste para o segundo colocado, o que é ótimo para a competição. Outro ponto que tenho certeza vai ser muito bom é a criação de uma segunda divisão, também com 16 clubes. É um assunto que vamos aprofundar”.

A Copa do Nordeste e os Estaduais 
” Os Estaduais não podem acabar, além de tradicionais são competições seletivas para a Copa do Nordeste aqui na nossa região, Copa do Brasil e Série D, mas o futuro é o encurtamento das competições e neste ponto a FNF se antecipou. 

O modelo que o presidente José Vanildo adotou para o campeonato do RN é inteligente, enxuto e este é o caminho que deve ser seguido pelas demais federações. Com a criação da Segunda Divisão do Nordeste, vamos ter 32 clubes disputando uma competição rentável financeira e tecnicamente”

Por Marcos Lopes Rádio Globo Natal 

Pai do jogador Ebinho do Corintians de Caicó cometeu suicídio no estado da Paraíba

 
                                             
Na manhã da ultima quarta-feira (13), por volta das 05h30min, um homem identificado por Gonçalo Antônio dos Santos, 56 anos, mais conhecido como ‘Orlando Vaqueiro’, cometeu suicídio por enforcamento em sua residência no distrito de Pirpirituba em Guarabira no Estado da Paraíba.

A vitima era pai do Jogador Ebinho que já defendeu o Corintians de Caicó por duas oportunidades e que deverá voltar agora para o ano de 2014. O pai do jogador residia na rua Padre Francisco de Assis, nº 37, bairro Alto do Damião, e para cometer o suicídio pediu que sua esposa fosse até a padaria comprar pão, assim aproveitando o momento que ficou só e praticou o ato na cozinha utilizando uma corda. Não se dos motivos que o mesmo cometeu esse ato extremo.

Por Jardim do Seridó

Em fase final de testes antes da Copa, Brasil enfrenta Honduras neste sábado em amistoso

                                            Hondurenhos estão atravessados na garganta de Felipão. Desde que eliminou o Brasil numa disputa de Copa América, ele quer revanche

A seleção entra em campo neste sábado (16) com time misto para enfrentar Honduras, em Miami, às 21h30 (de Natal). Desde a conquista da Copa das Confederações, em junho, o técnico Luiz Felipe Scolari aproveita os amistosos para testar uma série de jogadores antes de fechar o grupo para o Mundial.
Só que, apesar da fase de observação, o treinador não abre mão de colocar no seu time o atacante Neymar. Astro do Barcelona, ele é o único que participou de todas as 17 partidas do time nacional com Scolari.

Neymar vai tentar em Miami superar o número de gols na seleção de seu ídolo, o atacante Robinho, que estará sentado no banco de reservas do Sun Life Satdium no início da partida desta noite. Com 27 gols em 44 partidas, o jogador de 22 anos precisa marcar dois tentos diante dos hondurenhos para conseguir o objetivo –Robinho tem 28 em 88 partidas.

“O Neymar é uma das estrelas mundiais. Um dos melhores do mundo. Agora, a Europa começa a reconhecer isso”, afirmou Felipão, que não se cansa de elogiá-lo. Scolari gosta tanto do futebol de Neymar, que insistiu para o jogador usar a mítica camisa dez da seleção na Copa das Confederações. Nos EUA, o paulista é o jogador mais assediado da seleção.

Para a partida deste sábado, Scolari vai continuar fazendo os testes. Os reservas Victor, Maxwell e Maicon, além de Jô e Bernard, vão começar a partida entre os titulares. Com dores na panturrilha direita, Daniel Alves foi vetado. O capitão Thiago Silva, que se recupera de uma contusão na coxa esquerda, também ficará fora.

Depois de quase um ano de trabalho na seleção, Scolari disse nesta sexta-feira que o time brasileiro já está no mesmo nível de Espanha e da Alemanha, favoritas ao título na Copa. “Já podemos colocar o Brasil no mesmo nível porque já temos uma forma de jogar, um estilo de jogo. Temos as mesmas condições de outras seleções que estão vindo ao Brasil”, disse o treinador.

Por Folhapress Foto Rafael Ribeir

Série B: América-RN inicia batalha por 3 pontos


Mesmo atuando fora de casa diante do Avaí, a partir do confronto de hoje, às 16h20, no estádio Ressacada, a meta do América é correr atrás de mais três pontos. Este na visão do treinador Leandro Sena é o patamar suficiente para assegurar a presenta do clube potiguar na série B e, por isso, o alvirrubro terá de jogar com paciência e aproveitar melhor as chances de gol que surgirem para evitar surpresas.

Para este confronto diante de um adversário que não vence há quatro rodadas e precisa do resultado para poder continuar sonhando com uma vaga na divisão de elite, o América poderá contar com a volta do goleiro Andrey e do volante Marcelo Passos, que cumpriram suspensão pelo terceiro cartão amarelo na rodada passada. Além disso, Sena também terá a opção de Adriano Pardal se desejar dar mais velocidade ao ataque, o jogador não atuou contra o América Mineiro devido a punição automática pela expulsão diante da Chapecoense.

Um dos destaques neste ciclo de recuperação americana na série B, o lateral-direita Norberto ressalta a importância da conquista de um resultado positivo no confronto de hoje. Ele salienta que o tropeço diante do América Mineiro não estava nos planos da equipe e, que agora, o time não pode mais se dar ao luxo de desperdiçar pontos.

“Temos de recuperar os pontos que deixamos de conquistar no jogo passado. Não podemos perder para o Avaí, até por quê se nada mudar, seremos o único clube da competição que não jogará mais como mandante”, recorda.

Com relação a esse problema: a punição imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) tirando o mando de campo do alvirrubro na partida contra o Oeste, a diretoria que conseguiu essa mudança junto ao departamento técnico da CBF, pretende realizar um novo pleito a organizadora do campeonato transferindo todas as punições com perda de mando de jogo para temporada de 2014. A CBF já concedeu o mesmo direito a Paysandu e ABC e o departamento jurídico americano pretende se utilizar dos mesmos argumentos.

O Avaí deixou o G-4 e complicou sua situação na competição. Os maus resultados, porém, não desanimaram o atacante Tauã, mostra confiança em retorno ao grupo de elite. “O Avaí não desiste nunca, é o time da raça”, destacou.

Fonte Tribuna do Norte Foto Júnior Santos