quinta-feira, 19 de junho de 2014

Debaixo de chuva, vento e frio: torcedor não arreda pé para ver seus ídolos da Seleção Brasileira


Choveu a tarde toda nesta quinta-feira 19, em Teresópolis; Chuva às vezes forte, acompanhada de frio, vento, um clima gelado mesmo.

Nada capaz de afastar o torcedor e sua admiração pela Seleção Brasileira.

Desde uma hora antes de começar o treino, as pessoas já se aglomeravam na cerca que separa um condomínio de um dos campos de treino na Granja Comary.

Antes, os torcedores fizeram uma grande festa no retorno da delegação à sua casa, depois de um dia de folga, ao Centro de Treinamento da Seleção Brasileira, em Teresópolis.

Fonte Site da CBF

Em Natal, médico francês participa de cirurgia de goleiro do América-RN

Andrey, goleiro do América-RN (Foto: Jocaff Souza)

O goleiro Andrey, do América-RN, foi submetido na manhã desta quinta-feira, em Natal, a uma artroscopia, para a correção de uma lesão no menisco do joelho direito. O procedimento cirúrgico foi realizado pelos médicos do clube alvirrubro, Márcio e Marcelo Rêgo, e contou ainda com a presença do médico francês Bertrand Sonnery-Cottet, considerado um dos maiores especialistas em cirurgia de joelho no mundo. Entre os jogadores que se submeteram a cirurgias com o médico, está o atacante da seleção francesa, Karim Benzema. Alguns brasileiros já passaram pelas mãos do médico francês, como o meia Ederson, do Lyon.

De acordo com Marcelo Rêgo, a operação foi realizada com sucesso e o jogador passará por sessões de fisioterapia nas próximas quatro semanas.

- Era uma lesão de menisco, que evoluiu para um quadro em que foi necessária a cirurgia. O procedimento foi um sucesso e contamos com a ajuda do médico francês Bertrand Sonnery-Cottet, que está em Natal devido à Copa do Mundo. A nossa expectativa é de o quadro clínico do jogador possa melhorar e vamos aguardar os trabalhos feitos com a fisioterapia, que serão de três a quatro semanas - explicou.

Andrey sofria com dores no joelho direito desde fevereiro, após uma queda no gramado do Estádio Marizão, em Caicó.

Dudu sofre fratura
Outro jogador que precisará passar por uma cirurgia é o volante Dudu. O jogador sofreu uma fratura da fíbula, osso que fica na parte lateral da canela, durante o treino de quarta-feira, no CT Abílio Medeiros, em Parnamirim. A cirurgia será realizada nesta sexta-feira, em Natal.

Fonte Globo Esporte RN Foto Jocaff Souza

Grécia segura Japão com um a menos, sobrevive e classifica Colômbia

AFP

A Grécia entrou em campo na Arena das Dunas para se defender e contra-atacar, estratégia reforçada com a expulsão de Katsouranis ainda no primeiro tempo. A equipe marcou bem, segurou o 0 a 0 com o Japão e manteve a esperança de classificação às oitavas de final da Copa do Mundo.

O resultado assegurou a presença na próxima fase da seleção colombiana, que lidera o Grupo C com seis pontos. Costa do Marfim (3), Japão (1) e Grécia (1) brigarão pela segunda vaga em partidas marcadas para a próxima terça-feira, na Arena Pantanal e no Castelão.

O Japão terá uma tarefa complicada, buscando uma classificação improvável em Cuiabá, contra a boa equipe da Colômbia. A Grécia, que exibe o pior saldo de gols da chave, tentará ultrapassar a formação da Costa do Marfim em um confronto em Fortaleza.

Fonte Gazeta Esportiva

Luis Suárez comanda o Uruguai em vitória sobre a Inglaterra em São Paulo



O mundo inteiro presenciou mais um jogo emocionante na Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014. O bicampeão Uruguai (1930 e 1950) e a campeã Inglaterra (1966) protagonizaram um confronto de duas seleções que haviam sido derrotadas na primeira rodada e precisavam vencer para manter boas chances de classificação. Comandado pelo atacante Luis Suárez, o Uruguai se saiu melhor e ganhou por 2 x 1 a partida disputada na Arena Corinthians, em São Paulo, nesta quinta-feira (19.06).

Os dois gols dos sul-americanos foram assinalados por Suárez. No primeiro, aos 38 minutos do primeiro tempo, ele aproveitou cruzamento de Cavani e, de cabeça, tirou o goleiro Hart da jogada. Na comemoração, correu para abraçar o fisioterapeuta Walter Ferreira, que o ajudou a se recuperar de uma cirurgia no menisco a tempo de estar em campo. No segundo gol uruguaio, aos 39 minutos do segundo tempo, ele aproveitou uma chance que se apresentou após um chutão para cima na saída de bola do goleiro Muslera, do Uruguai. Ele avançou em velocidade pela direita do ataque, entrou na área e chutou forte, cruzado, na saída de Hart. Os ingleses marcaram com Rooney, que havia conseguido seu primeiro gol em Copas do Mundo aos 29 minutos do segundo tempo.

"Eu dedico à minha mulher, aos meus filhos. Por tudo que eu vivi neste último mês, não foi fácil, eu dedico também a Walter Ferreira. Sem ele eu não estaria aqui. E também aos meus companheiros que me dão uma força impressionante. Agradeço a todos por me apoiar e aos uruguaios por seguir acreditando. Eu e meus companheiros somos os primeiros a querer levar tudo isso adiante", disse Luis Suárez.

Ele também revelou que sonhou com a partida e com o momento vivido na Arena Corinthians. "Sonhei, era algo que eu imaginei muitas vezes, mas também tinha que me acalmar, para que a ansiedade não me atrapalhasse. Um momento, um jogo assim, são coisas incríveis", finalizou o jogador eleito o melhor do jogo. Acompanharam a partida 62.575 pessoas.


Fonte Portal da Copa Foto Getty Images

Colômbia supera a Costa do Marfim em Brasília com grande apoio da torcida



Jogando “em casa”, a Colômbia conquistou sua segunda vitória na Copa do Mundo da FIFA 2014 nesta quinta-feira (19.06). Em Brasília, 68.748 pessoas lotaram o Estádio Nacional Mané Garrincha, grande parte colombianos, para assistir o triunfo de 2 x 1 dos colombianos sobre a Costa do Marfim. O resultado isola os sul-americanos na liderança do Grupo C com seis pontos, deixando os marfinenses com três. Japão e Grécia completam a rodada ainda hoje, às 19h.

A Costa do Marfim teve mais posse de bola no primeiro tempo, mas não conseguiu assustar o goleiro Ospina. Quem esteve mais perto de abrir o placar foi mesmo a Colômbia. O atacante Teofilo Gutierrez teve as melhores oportunidades. Na melhor delas, aos 28 minutos, recebeu excelente cruzamento de Rodríguez na pequena área, mas bateu errado de pé esquerdo e jogou a bola para fora.

Antes, o mesmo Gutierrez já havia tido outra boa chance em bola que sobrou na entrada da área. Mas o pé esquerdo falhou, soltando um chute mascado, sem perigo. Os marfinenses tiveram apenas uma finalização para o gol. O lateral direito Aurier fez jogada individual aos 31, puxou para o meio e bateu rasteiro de esquerda, mas Ospina segurou com tranquilidade.

O cenário do jogo seguiu igual depois do intervalo. A Costa do Marfim ficava mais com a bola, mas eram os colombianos que assustavam mais. Aos 15 minutos, Cuadrado fez linda jogada individual pela direita, pedalou para cima do marcador e bateu forte, quase sem ângulo. O goleiro Barry desviou e a bola pegou no travessão antes de sair.

De tanto tentar, a Colômbia abriu o placar pouco depois. Aos 19, Cuadrado cobrou escanteio na cabeça de James Rodríguez. O camisa 10 finalizou com precisão, abrindo o placar para os sul-americanos em Brasília. Aos 24, outro gol da Colômbia. Rodríguez roubou a bola no campo de ataque, Gutierrez ficou com e ela e deixou Quintero na cara do gol. O atacante tocou na saída do goleiro Barry e fez o segundo.

Três minutos depois, a Costa do Marfim conseguiu diminuir. Gervinho fez linda jogada pela esquerda, passou por três marcadores e bateu firme no canto. Ospina ainda tocou na bola, mas não conseguiu evitar o gol. Os africanos partiram com tudo ao ataque nos minutos finais, porém a defesa colombiana conseguiu segurar o resultado e assegurar a vitória.

A última rodada do Grupo C será disputada em 24 de junho. A Colômbia enfrenta o Japão na Arena Pantanal, em Cuiabá, às 17h (horário de Brasília), mesmo horário em que Costa do Marfim e Grécia jogam no Castelão, em Fortaleza.

Fonte Portal da Copa 

Gregos e japoneses fazem duelo de vida ou morte na Arena das Dunas


Japão e Grécia farão duelo de vida ou morte na Arena das Dunas, em Natal, nesta quinta-feira, às 19 horas, em jogo válido pela segunda rodada do Grupo C da Copa do Mundo. O confronto pode ser considerado uma decisão, já que as duas seleções foram derrotadas em suas estreias. Perder neste confronto significa a eliminação precoce e jogar a última partida da primeira fase apenas para cumprir tabela.

Os asiáticos, que não somam nenhum ponto, vêm de um revés para a Costa do Marfim, no último sábado, por 2 a 1, em jogo que foi marcado pela virada africana em menos de três minutos. Já pelo lado grego, a situação é ainda mais complicada. 

Isso porque, com a goleada sofrida pela Colômbia (3 a 0) na primeira rodada, os helênicos são os lanternas da chave e têm a obrigação de vencer, de preferência com boa margem de gols, se quiserem manter vivas as chances de classificação às oitavas de final. Fato que seria inédito para o time europeu. Quem vencer entre Japão e Grécia volta a brigar por uma faz vagas às oitavas.

Fonte Gazeta Esportiva Foto AFP

Derrotados na estreia, Uruguai e Inglaterra duelam por sobrevivência


Os resultados da primeira rodada do grupo D da Copa do Mundo colocaram Inglaterra e Uruguai em uma situação incômoda no torneio. As duas seleções foram derrotadas em suas respectivas estreias e, por isso, chegam ao segundo jogo já com a necessidade de vitória pela sobrevivência. Nesta quinta-feira, às 16 horas (de Brasília), os dois campeões mundiais duelam no estádio do Corinthians, em São Paulo.

Em caso de nova derrota na Copa do Mundo, o Uruguai terá de torcer por uma combinação de resultados para ainda ter chance de se classificar. A Inglaterra passa por situação semelhante, já que também se complicará bastante se não vencer. Para evitar a queda precoce, a seleção inglesa tenta esquecer o que aconteceu na primeira rodada, dando mais atenção à chance de reagir contra o Uruguai.

Por Bruno Ceccon e Luiz Ricardo Fini São Paulo (SP) Foto Djalma Vassão/Gazeta Press