segunda-feira, 23 de novembro de 2015

É Campeão: Reservas do Corinthians fazem festa e bagunça com 6 a 1 sobre o São Paulo

Atropelamento alvinegro tornou o domingo de festa pelo Hexa ainda mais icônico para  (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

Questionado sobre a concessão de uma autorização para Alexandre Pato enfrentar o Corinthians neste domingo, o presidente Roberto de Andrade avisou: “É festa, não bagunça”. Foi festa e bagunça. Com muitos reservas no gramado de Itaquera, o time que se sagrou hexacampeão brasileiro na semana passada comemorou o título com uma contundente e histórica vitória por 6 a 1 sobre o São Paulo. Bruno Henrique, Romero (2), Edu Dracena, Lucca e Cristian fizeram os gols. Carlinhos descontou, e Cássio ainda defendeu um pênalti de Alan Kardec.

A superioridade do Corinthians foi tamanha que alguns torcedores do São Paulo tentaram deixar o estádio ainda no primeiro tempo, quando o público da casa já gritava “olé” e a humilhação não estava totalmente configurada. A equipe que prima pelo fair play tripudiou tanto do seu rival que Cristian se atreveu a quase repetir a comemoração de gol com os braços cruzados e os dedos médios em riste – desta vez, ele ergueu os indicadores.

Após marcar um gol para cada título brasileiro – e levantar o troféu com Ralf -, o Corinthians chegou aos 80 pontos ganhos na tabela de classificação. A sua campanha será encerrada diante de Sport, na Ilha do Retiro, e Avaí, novamente em Itaquera. Ainda com esperanças de ir à próxima Libertadores, o São Paulo tem 56 e procurará se recuperar do vexame eterno diante de Figueirense, no Morumbi, e Goiás, no Serra Dourada.

Fonte Gazeta Esportiva foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

Eleições no ABC: Diretoria protela cumprimento de determinação da junta eleitoral

Candidato a presidente do ABC, Judas Tadeu quer acesso aos dados dos sócios para mandar propostas (Foto: Wellington Rocha/PortalNoAr)

Em meio ao rebaixamento para a Série C do Campeonato Brasileiro, o ABC Futebol Clube vivencia um momento conturbado de disputa pela presidência do time. A junta eleitoral determinou, nesta seta-feira (21), às 13 horas, que a chapa de oposição, encabeçada por Judas Tadeu, e a terceira via, do deputado estadual José Adécio, tenham acesso aos e-mails e telefones dos sócios do ABC aptos a votar. A determinação ainda não foi cumprida e o vice-presidente jurídico Alexandre Pereira Pinto divulgou parecer contrário à decisão, o que gerou polêmica na disputa.

De acordo com o conselheiro Ricardo Couto, que faz parte da chapa de oposição, intitulada Salve o Mais Querido, o grupo apoiado pelo presidente Rubens Guilherme, representado pela candidatura de Fabiano Teixeira, tem acesso aos dados do Clube e os utiliza para mandar e-mails aos sócio-torcedores. Ele avaliou que isso torna a disputa desigual.

“Nós requeremos à Junta Eleitoral os dados cadastrais dos sócios, tendo em vista a igualdade do pleito. No nosso entendimento, fica claro que a chapa da situação tem acesso a esses dados. O pedido foi deferido ontem. Desde então, tentamos adquirir os dados e não conseguimos. Tentamos contato com o presidente em exercício e também ainda não tivemos êxito”, informou Couto.

O parecer emitido pelo vice-presidente jurídico deixou a chapa de oposição indignada. “A decisão foi entregue ao clube para cumprir. No meu entender, não caberia ao jurídico dar nenhum parecer, como se fosse pedido de sócios. Foi uma determinação da junta eleitoral. Cabe ao cumprimento da determinação”, defendeu.

Em entrevista ao portalnoar.com, o membro da junta eleitoral Juliano Fonseca frisou que o pedido foi feito ontem e aguarda o cumprimento. Sobre o parecer, ele disse que tem caráter meramente opinativo, sem representar por si só a decisão do clube. “Nós aguardamos o cumprimento da determinação da junta eleitoral pela diretoria do Clube. Caso não ocorra, vamos nos reunir e decidir as providências a serem tomadas”, afirmou Fonseca.

Eleições
As eleições do ABC ocorrerão na primeira quinzena de dezembro – aproximadamente duas semanas após o fim da Série B do Campeonato Brasileiro. O novo presidente só será escolhido após outra eleição, feita pelos conselheiros, que definirá os novos membros para o Conselho Deliberativo do clube.

Por Allan Darlyson Foto: Wellington Rocha via PortalNoAr