quinta-feira, 9 de junho de 2016

ABC amplia contrato com volante Márcio Passos e renova com atacante

Márcio Passos volante do ABC campeão (Foto: Fabiano de Oliveira)

O ABC anunciou nesta quarta-feira a renovação de contrato com o volante Márcio Passos. O jogador, que ganhou destaque após o título do Campeonato Potiguar e chegou a negociar com o Avaí para disputar a Série B do Campeonato Brasileiro deste ano, não foi liberado pelo clube potiguar e teve seu vínculo renovado com o Alvinegro até novembro de 2017. O presidente do ABC, Judas Tadeu, disse ao Globo Esporte que ficou satisfeito com a negociação e comemorou a permanência do volante alvinegro.

- Renovamos com o jogador até o fim do próximo ano e ficamos muito satisfeitos com a resolução deste caso. Ele é um grande jogador e fica conosco por mais um ano - contou o presidente do ABC.

Outro jogador que teve o contrato renovado foi o atacante Alvinho. O jogador, que estava em processo de recuperação de uma cirurgia e ficou sem contrato desde o fim do mês passado, assinou o novo vínculo até o término da Série C deste ano.

- Estou muito feliz em poder permanecer e mostrar o meu futebol aqui no ABC. Estou recuperado, venho me sentindo mais confiante a cada dia e estou pronto para jogar e ajudar o clube na busca pelo acesso. Farei o possível para corresponder essa confiança com boas apresentações dentro de campo - disse o atacante.

Fonte GE RN Foto: Fabiano de Oliveira

Após proibição de jogos às 11h, CBF faz alteração em América-RN x ASA

América-RN x ASA - Thiago Potiguar (Foto: Diego Simonetti/Blog do Major)

Após a decisão da Justiça do Trabalho que proibiu os clubes do Rio Grande do Norte de atuarem entre as 11h e as 14h, a Confederação Brasileira de Futebol alterou a data e o horário da partida entre América-RN e ASA, pela Série C do Campeonato Brasileiro. O jogo, válido pela quinta rodada do Grupo A, mudou do domingo, dia 19, para a segunda-feira, dia 20 de junho. O horário também foi modificado e passou das 11h para as 20h. Será o segundo jogo envolvendo o clube potiguar numa segunda-feira. O primeiro foi contra o Fortaleza, também na Arena das Dunas.

Antes do duelo contra o ASA, o Mecão viaja para encarar o Salgueiro, neste domingo, no Cornélio de Barros, às 19h. O Fantasma pega o River-PI, em Arapiraca, às 16h do domingo. Os confrontos são válidos pela quarta rodada da competição.

Fonte GE RN Foto: Diego Simonetti 

Dunga evita comparar vitória sobre Haiti com o 7 a 1 da Alemanha

Resultado de imagem para fotos da seleção brasileira x haiti

O técnico Dunga não quis saber de comparações. Ele não acha possível relacionar os 7 a 1 desta quarta-feira com a goleada sofrida pela seleção diante da Alemanha na Copa de 2014, e por isso livrou-se rapidamente do tema. “O grupo é diferente, é outra época”, cortou, controlando-se. “Tentamos fazer a nossa parte, colocar em prática o que treinamos. Os gols aconteceram conforme a equipe foi tendo rendimento positivo.”

Para Dunga, o mais importante ontem foi o fato de a equipe ter evoluído em relação à estreia. “Para nós, o mais importante é evoluirmos a cada jogo. É uma briga que temos com nós mesmos. Melhorar sempre”, falou o treinador, que demonstrou contrariedade quando questionado sobre a fraqueza do Haiti. “O Peru só ganhou de 1 a 0. O importante foi que nós fizemos a nossa parte.”

Dunga reconheceu a excelente atuação de Phillippe Coutinho, não apenas pelos três gols, mas pelas boas jogadas que fez, e disse que a melhora de rendimento do meia passou por conversas que teve com o jogador. “Ele está aproveitando a sua oportunidade em cada jogo, em cada treinamento. Tem tido maior confiança. A gente conversou e pedi a ele para ser o Phillippe Coutinho do Liverpool. Para chamar a jogada, arriscar mais, ser protagonista.”

Dunga não terá o suspenso Casemiro domingo, contra o Peru, mas não quis adiantar se Wallace joga. Da mesma maneira não garantiu que Gabriel tomará a posição de Jonas.

COBRANÇA – Após a partida, quem apareceu foi o vice-presidente da CBF, Antonio Nunes, chefe da delegação nos EUA. E disse exigir que o Brasil chegue ao menos à decisão da Copa América. “Cada jogo é um jogo, então a gente espera que vá chegando sempre e o Brasil possa disputar a final. Eu não vou aceitar a seleção brasileira fora de uma final”, cobrou.

Por Heilysmar Lima

Brasil faz 7 a 1 no Haiti e alivia pressão na Copa América

Resultado de imagem para fotos da seleção brasileira x haiti

Nada como pegar um adversário fraco para aliviar a pressão. Desde que se saiba aproveitar. E o Brasil soube. Goleou o Haiti na noite desta quarta-feira, no estádio Camping World, em Orlando (EUA), num jogo em que, apesar da goleada, o show ocorreu nas arquibancadas, com a empolgação e o amor dos haitianos à sua seleção. E, ironia, o Brasil ganha de 7 a 1.

Assim, no domingo, o Brasil vai enfrentar o Peru com grandes chances de assegurar o primeiro lugar no Grupo B. Mas não terá o volante Casemiro, que tomou ainda no primeiro tempo o cartão amarelo que o tirou da partida – foi o segundo nesta Copa América em dois jogos. Wallace, do Grêmio, é uma das opções de Dunga. Miranda poderá voltar à zaga. E Jonas parece ter perdido o lugar no time após primeiro tempo ruim. Gabriel deve ser o novo titular.

É até difícil analisar um jogo em que a diferença técnica entre as duas equipes é abissal como foi o desta noite. Dizer que o Brasil nem precisou se esforçar não é exagero. O time teve o mérito que criar jogadas pelos lados, fazer tabelas, ser objetivo. É verdade também que o oponente nada tem além da força física para tentar resistir. Ou seja, não oferece resistência.

Por Estadão Conteúdo