segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Seleção Brasileira já está em Mérida, na Venezuela


Após uma viagem que contou com cerca de seis horas de avião, com parada para abastecer, e pouco mais de uma hora 30 minutos de ônibus, a Seleção Brasileira chegou a Mérica, cidade da partida contra a Venezuela na terça-feira.

Jantar na chegada ao Hotel Convencion e direto para o quarto descansar. Nesta segunda-feira, o técnico Tite comanda o único treino em solo venezuelano.

A atividade está marcada para as 17h (18h de Brasília), com atendimento à imprensa logo após o término do trabalho no campo, ainda no Estádio Metropolitano.

Será neste mesmo palco que Brasil e Venezuela se enfrentarão na terça-feira. A bola rola às 20h30 (21h30 de Brasília). A delegação retorna para São Paulo ainda na madrugada de quarta-feira.

Veja a classificação:

Fonte Site da CBF Foto Lucas Figueiredo CBF

Em clima de festa e com pedidos de "selfies", Seleção se despede de Natal

Gabriel Jesus saída do hotel seleção Brasil em natal (Foto: Felipe Zito)

A passagem da seleção brasileira pela cidade de Natal chegou ao fim neste domingo. Após o treinamento da manhã na Arena das Dunas, o grupo retornou para o hotel que hospedou o grupo desde o início da semana e, depois do almoço, seguiu para o aeroporto - o voo fretado para a Venezuela deixa a capital do Rio Grande do Norte às 15h.

Na saída do hotel, aplausos, gritos e muitos pedidos para selfies. Até o ex-jogador e hoje preparador de goleiros Claudio Taffarel foi parado para dar autógrafo e tirar fotos.

O time de Tite tem previsão de chegada na cidade de Mérida às 22h (horário de Brasília) deste domingo. Na segunda, os atletas vão fazer reconhecimento do estádio Metropolitano, no último treinamento antes da partida contra os donos da casa, na próxima terça-feira, às 21h30, pela 10ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas.

Mais cedo, Tite começou a esboçar a equipe titular brasileira com Willian na vaga do suspenso Neymar e retorno de Paulinho no lugar de Giuliano. A Seleção está na vice-liderança do torneio classificatório para a Copa do Mundo de 2018, com 18 pontos, um a menos que o Uruguai.

Texto e Foto por Felipe ZitoNatal, RN

Seleção volta aos treinos, mas Tite adia definição de substituto de Neymar


A seleção brasileira voltou a treinar na tarde deste sábado, na Arena das Dunas, no primeiro trabalho depois da goleada por 5 a 0 sobre a Bolívia, em Natal, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. Uma atividade leve para os titulares, com trabalho tático para os reservas marcou o dia, que não resolveu a principal dúvida para o jogo com a Venezuela, na próxima terça Ainda resta saber quem será o substituto de Neymar.

O elenco ganhou folga na sexta-feira e voltou às atividades com a separação dos jogadores em dois grupos. Quem foi titular contra a Bolívia, na quinta, fez trabalhos regenerativos com alongamentos e corridas pelo campo. Os demais fizeram atividade tática com o técnico Tite, com posicionamento e marcação na saída de bola de adversário. O treinador gritou bastante para orientar a equipe.

O trabalho não indicou o substituto de Neymar, suspenso pelo segundo cartão amarelo. O jogador, inclusive, já voltou para Barcelona. A tendência é de o trabalho de domingo de manhã, na Arena das Dunas, definir quem herda a vaga do atacante na equipe titular. Willian é o favorito para virar titular, com a possibilidade de Philippe Coutinho ser transferido para a posição de Neymar, aberto pela esquerda.

Outra dúvida é entre Paulinho e Giuliano. O primeiro estava suspenso contra a Bolívia, jogo em que o substituto foi titular, jogou bem e fez gol. O mais provável é Tite voltar a apostar no volante ex-Corinthians para escalar a equipe. A viagem para a Venezuela será depois do treino. O elenco sai de Natal logo após o almoço em voo fretado para El Vigia, cidade a 70km de Mérida, local da partida.

A equipe utilizada por Tite no treino tático não teve goleiro e foi escalada com: Fágner, Thiago Silva, Gil e Wendell; Rafael Carioca; Willian, Oscar, Lucas Lima e Taison; Roberto Firmino.

Por Portal No Ar Foto Lucas Figueiredo CBF

Relembre a trajetória do ABC até chegar ao acesso à Série B

Relembre a trajetória do ABC até chegar ao acesso à Série B

A caminhada do ABC na Série C até o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro, nessa sexta-feira (7), teve momentos de altos e baixos. Mais de altos. O percurso começou no dia 22 de maio diante do rival América, na Arena das Dunas. O resultado não foi dos melhores. Derrota por 1 a 0.

Na segunda rodada, a primeira vitória. 2 a 0 sobre o Salgueiro-PE, no Frasqueirão. No entanto, os alvinegros voltaram a sofrer com a derrota. Desta vez, para o Botafogo-PB, fora de casa. De volta para casa, novo tropeço. A equipe não saiu do 0 a 0 com o Confiança-SE.

Vivendo um momento turbulento, apenas na 8ª colocação e eliminado da Copa do Brasil, o ABC saía para dois jogos fora de casa contra Fortaleza-CE e Remo-PA. A partir de então veio a retomada da confiança. Vitória sobre o time cearense por 1 a 0 e empate em 1 a 1 diante dos paraenses. Quatro pontos na bagagem.

Em seguida, goleada por 4 a 0 sobre o Ríver-PI e vitória magra sobre o Cuiabá-MT por 2 a 1. Ambas em casa. Depois de quatro jogos invicto, o ABC voltou a ser derrotado apenas na 9ª rodada. O algoz? O ASA-AL, em Arapiraca.

Na volta para casa, vitória no Clássico-rei diante do América. 1 a 0. Depois, derrota para o Salgueiro-PE, a última na competição. Então, foram mais três vitórias – contra Fortaleza, Remo e River – e quatro empates – Botafogo, Confiança, Cuiabá e ASA.

Com 30 pontos, o ABC terminou a primeira fase na segunda colocação do grupo A da Terceirona. No mata-mata decisivo, o Botafogo-SP pela frente. O Pantera havia somado 31 pontos e ficado na terceira posição do grupo B.

No primeiro jogo, em Ribeirão Preto, empate sem gols. Na volta, nessa sexta-feira (7), apenas a vitória interessava ao Alvinegro. E ela veio. 1 a 0. O gol salvador saiu do pé direito de Erivelton, após receber passe açucarado de Gustavo Bastos.

A trajetória, até aqui, é de 20 jogos, sendo nove vitórias, sete empates e quatro derrotas. O ataque fez 27 gols e a defesa sofreu 17.

Matador
No meio da campanha, a estrela do atacante Jones passou a brilhar. Com 10 gols, o jogador assumiu a artilharia da Série C e foi o principal nome do setor ofensivo do alvinegro até o acesso.

Em busca do título
Agora, na semifinal, o ABC terá pela frente o Guarani-SP ou o ASA-AL. No primeiro duelo entre as equipes, os alagoanos ficaram com a vitória. 3 a 1 em Arapiraca. Neste sábado (8), às 18h30, os times fazem a partida decisiva em Campinas (SP).

Confira os jogos:
22/05 – América 1×0 ABC
28/05 – ABC 2×0 Salgueiro-PE
05/06 – Botafogo-PB 2×0 ABC
11/06 – ABC 0x0 Confiança-SE
18/06 – Fortaleza-CE 0x1 ABC
25/06 – Remo-PA 1×1 ABC
02/07 – ABC 4×0 River-PI
10/07 – ABC 2×1 Cuiabá-MT
16/07 – ASA-AL 2×1 ABC
23/07 – ABC 1×0 América
01/08 – Salgueiro-PE 1×0 ABC
07/08 – ABC 1×1 Botafogo-PB
14/08 – Confiança-SE 1×1 ABC
20/08 – ABC 2×1 Fortaleza-CE
29/08 – ABC 2×0 Remo-PA
06/09 – Ríver-PI 0x2 ABC
11/09 – Cuiabá-MT 2×2 ABC
18/09 – ABC 2×2 ASA-AL
30/09 – Botafogo-SP 0x0 ABC
07/10 – ABC 1×0 Botafogo-SP

Por Heilysmar Lima via Portal No Ar

Caso Sapé: América-RN reapresenta denúncia ao STJD na segunda-feira

RN - documento STJD América-RN caso Sapé (Foto: Augusto Gomes/GloboEsporte.com)

Após o arquivamento pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva da "notícia de infração" apresentada pelo América-RN, a direção americana confirmou, em entrevista coletiva nesta sexta-feira, na sede social em Natal, que vai reapresentar a denúncia do caso Sapé na próxima segunda-feira. O clube potiguar argumenta que há indícios suficientes sobre a irregularidade na inscrição do jogador pelo Botafogo-PB para que haja um julgamento pelos procuradores do STJD. A situação é semelhante a do Remo, que também vai reapresentar o processo ao STJD.

Segundo o vice-presidente jurídico Diogo Pignataro, a notícia de infração foi avaliada pelo subprocurador-geral do STJD, Leonardo Andreotti, que, apesar de reconhecer que existem controvérsias na inscrição do volante Jardson Sapé pelo Belo, arquivou o processo.

- Nós ofertamos a peça jurídica chamada de "notícia de infração", documento que precisa ser encaminhado para a que a justiça acolha a nossa intenção. O STJD recebeu o processo, mas o órgão preferiu arquivar o processo. Esse caso como foi feito pelo subprocurador-geral, nós remeteremos até a próxima segunda-feira o pedido de reapresentação da notícia de infração, porque o nosso processo possui um embasamento forte. A própria decisão aponta que há controvérsias na decisão e nossa intenção é que o Tribunal decida sobre o caso - argumentou Pignataro.

O presidente do CSP foi punido pelo STJD em 2013 e, antes da punição, assinou um documento de procuração para outro dirigente. Com a assinatura do contrato do volante Jardson Sapé, a partir do dia 11 de junho de 2013, o contrato estaria em uma situação irregular. Pelo entendimento do STJD, o Botafogo-PB "agiu de boa fé" no caso e não poderia sofrer, na visão no sub procurador-geral, os efeitos da irregularidade do "contrato mater" celebrado entre o procurador do CSP e o jogador Sapé.

A incoerência apontada no documento do STJD é de que "existe controvérsia não pacificada nesta Corte acerca da extensão dos efeitos da suspensão aplicada em sede de Justiça Desportiva, na forma do artigo 172 do CBJD, a alcançar a assinatura de contratos com atletas, ou qualquer outro ato administrativo ligado a questões desportivas. Porém, não será necessário, ao ver deste procurador, adentrar nesse mérito. Neste passo, partindo da premissa que os efeitos da penalidade alcançam a vedação de assinar contratos de atletas, efetivamente o Presidente do CSP descumpriu a decisão", cita o documento.

Rebaixado para a Série D de 2017, o América-RN busca na justiça o reparo legal para permanecer na Terceirona. Diogo Pignataro ressaltou que não é intenção do Alvirrubro paralisar a Série C do Campeonato Brasileiro, mas que o caso precisa ter um entendimento mais justo para o futebol.

- Só nos restou interesse na causa a partir do não resultado em campo. Nós não temos a legitimidade para pedir a paralisação do campeonato. Nós temos a legitimidade para apresentar a notícia de infração. Com a reapresentação do documento, existe a possibilidade de entrega ao 1º Tribunal do STJD e, depois, sob um possível recurso do Pleno do Tribunal. O contrato principal do jogador possui irregularidade e, por consequência, os demais documentos estão irregulares. Se o documento original foi assinado com essa irregularidade, os documentos acessórios também estão irregulares e precisam ser revistos pelo Tribunal - contou.

O presidente Beto Santos falou ainda que o América-RN negou um documento de contrato de empréstimo do atacante Caaporã, originário do CSP, e que teria uma assinatura do clube paraibano, via procuração, pelo mesmo integrante que assinou o contrato com o volante Jardson Sapé. Diante da semelhança no caso, o Mecão pediu a revisão na documentação e assinatura do presidente do CSP.

- O Botafogo-PB diz ter agido de boa fé e tanto a Federação Paraibana quanto o STJD autorizaram o andamento de inscrição do atleta Sapé, do clube paraibano. Quando soubemos da irregularidade na condução dos documentos, que foi assinado por integrante diferente e que não possuía a autorização necessária, buscamos comprovar a situação e, apesar da negativa inicial do STJD, o nosso departamento jurídico vai reapresentar a notícia de infração para que haja o entendimento dos procurador. O América irá, sim, até o fim nessa questão. Além de ter a convicção da irregularidade, o próprio subprocurador admite a controvérsia. Por isso, no entendimento do jurídico do América-RN, caberia a esse subprocurador não decidir, e sim levar para a discussão para julgamento e não, simplesmente, arquivar o processo, onde ele mesmo admite que existe controvérsia dentro da Corte. Então, nada mais justo do que ele dar seguimento para que isso seja apreciado por outros integrantes do Tribunal. Resta saber se esse subprocurador, que em outro momento foi auditor do STJD, se esse último exercício dele o influenciou para que ele tomasse essa decisão que não caberia a ele, expor da forma que fez, mostrando que existe controvérsia e que fosse analisada pelos procuradores. Não pode simplesmente analisar o mérito de forma individual. O mais justo e o mais coerente seria levar o processo para julgamento e não arquivá-lo - completou Beto Santos.

Por Jocaff Souza e Augusto GomesNatal Foto: Augusto Gomes

STJD arquiva denúncia do América-RN, que vai jogar a Série D

Luiz Eduardo atacante do América-RN (Foto: Diego Simonetti/Blog do Major)

A Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva confirmou nesta quinta-feira o arquivamento da denúncia do América-RN contra o Botafogo-PB. A Notícia de Infração tratava de uma possível irregularidade do volante Sapé na Série C do Campeonato Brasileiro. Com isto, o Mecão terá que jogar a Série D em 2017.

Segundo o site do STJD, após analisar o pedido do América e a manifestação do Centro Sportivo Paraibano, Botafogo e Diretoria de Registros e Transferências da CBF, "a Procuradoria concluiu que Sapé estava devidamente inscrito e com condição de jogo, não havendo, portanto, nenhuma irregularidade". A Notícia de Infração do Remo quanto ao mesmo caso também foi arquivada.

O Globo Esporte entrou em contato por telefone com Diogo Pignataro, vice-presidente jurídico do América, que afirmou não ter recebido a informação do STJD e preferiu não se pronunciar antes de receber o aviso de arquivamento.

O caso
O América apresentou denúncia apontando que o contrato de Sapé foi assinado e registrado no DRT da CBF através de procuração concedida pelo presidente do Centro Sportivo Paraibano, suspenso pelo STJD e proibido de exercer atividades por 375 dias. Com a punição ao presidente, o contrato foi assinado por Josivaldo Alves dos Santos, presidente do Conselho do CSP. No entendimento de América e Remo, durante o cumprimento da pena, a procuração perdeu a validade e, portanto, o contrato estaria irregular.

Segundo a Procuradoria, o DRT não tem competência para aplicar ou fiscalizar decisões da Justiça Desportiva que não lhe alcance, muito menos verificar/avaliar a falsidade de um documento.

Por entender que CBF e o clube paraibano "são terceiros de boa fé", não tinham qualquer obrigação quanto aos fatos alegados e por não haver nenhuma pendência que violasse a condição de jogo de Sapé, a Procuradoria determinou o arquivamento das Notícias de Infração.

Fonte GE RN Foto: Diego Simonett

Guarani vence o ASA-AL e será o adversário do ABC na semifinal da Série C

Guarani vence o ASA-AL e será o adversário do ABC na semifinal da Série C

O Guarani que tanto sofrimento proporcionou ao seu fiel torcedor nos últimos anos, com risco de perda do seu maior patrimônio, Brinco de Ouro, e até de rebaixamento à Série D, está novamente na Série B do Campeonato Brasileiro. Em jogo repleto de tensão na noite deste sábado, Bugre derrotou o ASA por 3 a 0, diante da sua torcida, e garantiu o sonhado acesso após quatro anos na Série C tendo Eliandro como grande herói diante de 12.723 presentes – o ASA havia vencido na ida por 3 a 1.

É um acesso fundamental para o campeão brasileiro de 1978 se reerguer de vez, tentar voltar à elite paulista no ano que vem e seguir sua ascensão em âmbito nacional. Agora, o Bugre buscará a final da Série C diante do ABC.

*Com informações de Terra

Santa Cruz de Natal vira, bate Atlético Potiguar e recupera a liderança

Klysman, Régis Potiguar e Hudson Santa Cruz de Natal (Foto: Divulgação)

O Santa Cruz de Natal é novamente o líder da segunda divisão do Campeonato Potiguar. Neste domingo, o Tricolor venceu o Atlético Potiguar por 2 a 1, de virada. O atacante Hudson e o volante Régis Potiguar foram os autores dos gols da vitória no Estádio Frasqueirão, em Natal. Com o resultado, a equipe do técnico Higor César chegou aos 12 pontos, dois a mais que o Atlético Potengi, que bateu o Força e Luz no sábado.

- Foi uma vitória muito importante, que nos dá a liderança. Estou muito feliz pelo gol, mas fico mais feliz ainda pelo desempenho do grupo, pela garra, pela força de vontade. Estamos no caminho certo. Agora é 'pezinho' no chão, descansar e corrigir os erros que aconteceram no jogo - falou Régis Potiguar.

O Santa Cruz folga na sétima rodada, que será disputada na quarta-feira, e só volta a campo no próximo domingo, diante do Força e Luz. O jogo está marcado para o Barretão, em Ceará-Mirim. O Atlético Potiguar encara o Visão Celeste na quarta-feira, às 15h, no Nazarenão, em Goianinha. Este duelo é válido pela sexta rodada.

Fonte GE RN Foto Divulgação