quinta-feira, 6 de abril de 2017

Surge candidato à presidência do América, mas candidatura é incerta


Convocado de forma emergencial pelo presidente José Vasconcelos da Rocha, o Conselho Deliberativo se reuniu, na noite desta terça-feira (04), com alguns ex-presidentes no sentido de dar rumo aos anseios do América Futebol Clube em 2017, após a saída de Beto Santos, que entregou carta de renúncia na última sexta-feira (31) acompanhado do vice-presidente José Medeiros.

Será homologada, nesta quarta-feira (5), a vacância – não ocupação – da presidência e o Ad referendum (ato que depende de apreciação) do Conselho Deliberativo até a próxima eleição que ainda será marcada. Até lá, o presidente do conselho, Zé Rocha, ficará à frente das funções administrativas até que um novo processo eleitoral seja agendado.

“Ontem (4), na reunião, apareceu um possível candidato, no entanto não nos deu certeza em razão de ter que ver sua situação pessoal para poder assumir essa responsabilidade”, revelou Zé Rocha.

O presidente do Conselho Deliberativo confirmou a informação de que um grupo ficará responsável pelo futebol do clube visando os últimos jogos do Estadual e o Campeonato Brasileiro.

“Seguindo o Estatuto que me assiste, convidamos alguns americanos que já tiveram cargos diretivos para “tocar” o futebol. No grupo estão Eduardo Rocha, Paulinho Freire, Hermano Morais e Alex Padang. No entanto Padang ainda não nos deu a confirmação de sua participação por motivos pessoais. Mais pessoas serão convocadas não só para o futebol, como também para a construção da nossa arena (Arena América)”, disse.

Sobre os patrimônios do América, Dr. Zé Rocha foi taxativo e afirmou que, em momento nenhum, o assunto foi tratado.

“Não foi, nem ao menos, ventilado a possibilidade de venda de algum patrimônio do clube. Nós não queremos isso. Não quero que exista isso no América”, finalizou Rocha.

Fonte Portal No Ar Foto: ALBERTO LEANDRO