segunda-feira, 10 de julho de 2017

Baixinho e "professor": Ídolo do América-RN dá aula em escolinha de Natal

Helinho, ídolo do América-RN, dá aula em escolinha de futebol da zona Norte (Foto: Reprodução)

Ele é baixinho e é goleador! Helinho é matador!". O grito da torcida do América-RN marcou para sempre o ex-atacante Helinho, hoje com 42 anos. Em duas passagens e sete anos defendendo o clube, os 85 gols marcados fazem dele o maior artilheiro da história do Mecão. Hoje, após concluir curso de treinador de futebol, dá aula em uma escolinha na zona Norte de Natal.

- O América foi muito importante na minha carreira e na minha vida - frisa.

Helinho chegou ao Alvirrubro em 1999, aos 24 anos, após se destacar pela Pauferrense. No América, foi bicampeão estadual em 2002 e 2003.

- Em 2002, no primeiro jogo em Caicó, o placar foi 4 a 4, e eu fiz três gols. Na final de 2003, no Machadão, eu fiz o primeiro gol contra o São Gonçalo. Foram os mais importantes - lembra.

O ex-jogador passou ainda por Ceará, CSA, CRB, Potiguar, ABC, Alecrim e Palmeira-RN, onde pendurou as chuteiras em 2013, aos 39 anos.

Por GE RN