sábado, 4 de março de 2017

ABC espera por departamento médico para montar time para decisão

ABC - Jogadores - Treino (Foto: Andrei Torres/ABC FC)

O ABC fez na tarde desta sexta-feira 03, o penúltimo treino antes da final do primeiro turno do Campeonato Potiguar. O Alvinegro realizou atividade na Arena das Dunas e não contou com quatro jogadores importantes: o zagueiro Léo Fortunato, os laterais-esquerdos Romano e Marquinhos, e o volante Anderson Pedra. Todos estão entregues ao departamento médico e são dúvidas para a decisão de domingo. Neste sábado, uma avaliação médica será feita para decidir se terão condições de jogo.

- Nós vamos depender muito de uma recuperação acelerada (dos jogadores que estão fora). Os jogadores que não vieram para cá (para a Arena das Dunas) estão em tratamento intensivo (no CT do ABC), só vão para casa dormir. Os exames detectaram pequenas lesões em praticamente todos e tivemos até uma surpresa desagradável que foi a do Léo Fortunato. Se o jogo fosse amanhã (sábado), os quatro não iriam. Eu iria montar o time com quem está treinando. Vamos ver com calma o que eu faço. Muito provavelmente eu vou ter uma adaptação na lateral esquerda - declarou.

Se não tiver Pedra, Geninho deve repetir a entrada de Márcio Passos no meio-campo, como fez contra o Audax-SP. Oswaldo é a opção para a ausência de Léo Fortunato. Romano se machucou na derrota para o CRB, em Maceió, e Marquinhos saiu com dores na coxa durante a partida contra o Audax-SP. A primeira opção para o setor seria o garoto Luiz Felipe, mas o jogador também está machucado. A alternativa para Geninho é a utilização de Echeverría improvisado.

Nando ou Caio Mancha?
Outra dúvida que surge no time é em relação ao camisa 9. Nando é o atacante titular escolhido por Geninho desde o início da temporada, mas está sendo cobrado pela torcida. Por outro lado, Caio Mancha fez bons jogos quando acionado por Geninho. Na partida contra o Audax-SP, o jogador marcou o gol que garantiu o empate no tempo normal e levou a decisão para os pênaltis. Apesar da má fase do titular, Geninho mostra confiança em Nando e não deve promover mudança para a final.

- O Nando está sendo cobrado, mas ninguém pode esquecer que ele é artilheiro do time. É natural a torcida vaiar, não deveria, mas é natural. Essa torcida cansou de enaltecer o Nando com hinos de louvor no ano passado e até esse ano. Mas é preciso entender que se um jogador como ele, que tem quase obrigação de marcar gol, não marcar, vai ser cobrado. Eu tenho a certeza que se eu tiver que manter o Nando ele vai tentar corresponder, se eu colocar o Caio ele vai aproveitar a oportunidade. Ali é uma posição onde eu não me preocupo. Se eu for trocar cada vez que o torcedor grita, nós não temos um time. Não precisaria de treinador. Ficava alguém ali e vamos ouvir o que torcedor está gritando, e você trocava. O torcedor tem todo o direito de gritar - declarou.

Fonte GE RN Foto: Andrei Torres/ABC FC