sábado, 11 de março de 2017

ABC não vence há cinco jogos; marca é a pior sequência de Geninho no time

Sequência ruim tem três derrotas e dois empates, desde o dia 22 de fevereiro. Última vitória do Mais Querido foi sobre o Alecrim, no dia 18 de fevereiro, pelo estadual

A derrota por 3 a 1 do ABC para o São Paulo, na última quarta-feira, gerou a maior sequência de jogos sem vitória desde que Geninho chegou ao comando do clube, há um ano. O Alvinegro está há cinco partidas sem vencer. O último triunfo veio sobre o Alecrim, no dia 18 de fevereiro, no encerramento do primeiro turno do Campeonato Potiguar.

Desde então, são três derrotas e dois empates. A sequência teve início contra o Globo, na primeira partida da final do primeiro turno do estadual, no dia 22 de fevereiro. A equipe empatou por 1 a 1 com a Águia de Ceará-Mirim e, em seguida, perdeu para o CRB por 2 a 0, em partida válida pela Copa do Nordeste. O jogo seguinte foi contra o Audax-SP, pela segunda fase da Copa do Brasil. Houve mais um empate por 1 a 1, mas a boa notícia é que a equipe alvinegra conseguiu a classificação para a terceira fase nos pênaltis. Dias depois, perdeu para o Globo por 2 a 0 na decisão do primeiro turno e fechou a conta contra o São Paulo.

Geninho técnico do ABC (Foto: Augusto Gomes/GloboEsporte.com)

Geninho não havia ficado em uma seca de vitórias maior que quatro jogos no ABC até então. O técnico chegou ao clube no dia 22 de fevereiro de 2016 e teve uma sequência sem vencer entre os dias 16 e 27 de março, quando empatou com o Goianésia e o América-RN e perdeu para Campinense e Alecrim. Entre os dias 1º e 15 de junho, um novo jejum: empate com o Gama, derrota para o Botafogo-PB, empate com o Confiança e um novo empate com o Gama, que rendeu a eliminação na segunda fase da Copa do Brasil nos pênaltis.

A chance de acabar com a sequência desfavorável virá neste sábado, contra o Itabaiana, pela quinta rodada da Copa do Nordeste. O jogo é em Sergipe, o que entra uma estatística ruim a mais: este ano, o ABC ainda não venceu longe de Natal. O retorno ao Frasqueirão só acontece na próxima quarta-feira, no segundo confronto contra o São Paulo pela terceira fase da Copa do Brasil. Neste caso, aparece um fator positivo: o Mais Querido não perde há 24 partidas no seu estádio. A última derrota foi para o Salgueiro, no dia 10 de março de 2016, pela Copa do Nordeste.