sábado, 11 de março de 2017

Flávio Araújo retorna ao América-RN e busca novo recorde: Objetivo é recuperar lado emocional do elenco!


América-RN - Flávio Araújo, técnico (Foto: Jocaff Souza/GloboEsporte.com)


A escolha por Flávio Araújo para conduzir o comando técnico do América-RN, após a demissão de Felipe Surian, foi unânime entre os integrantes da cúpula alvirrubra, na última quarta-feira. Com passado vencedor no Mecão, por ter levado o clube ao acesso à Série B do Campeonato Brasileiro em 2011, o treinador traz no currículo uma marca importante no futebol nacional. Conhecido como o "rei do acesso", Flávio Araújo já garantiu a felicidade de torcedores de outros quatro clubes e é o recordista em subidas de divisões no século 21.

O primeiro acesso conquistado por Flávio Araújo foi com o Icasa, quando subiu da Série C para B em 2009. Depois, com o América-RN subiu da terceira divisão para a Segundona, em 2011. A terceira e quarta conquistas foram pelo Sampaio Corrêa, quando pulou da Série D, em 2012, para a B, em 2013. O último feito foi em 2015, com o acesso do River-PI da Série D para a C.

- Eu estou acostumado com essa pressão, graças a Deus. São 19 anos de profissão e sempre trabalhando com time de muita torcida.

Antes de chegar à disputa da Série D, porém, tem a pressão pela conquista do segundo turno do Campeonato Potiguar. O fato é que para lidar com o clima turbulento no América-RN, que chega ao sétimo treinador em 15 meses da gestão do presidente Beto Santos, Flávio Araújo vai precisar de muita motivação para reerguer a atitude dos jogadores. Para que o novo planejamento tenha continuidade até o fim da temporada, o novo treinador espera por vitórias dentro e fora de campo.


- É um fato e é inegável. No futebol, isso já passa a ser mundial, muitas equipes fazem isso, devido a querer ter um resultado imediato. Por mais que queira o resultado, atropela o planejamento. Estou chegando muito motivado e confiante para que, através de todo o nosso trabalho de comissão, diretoria, jogadores e torcida, a gente possa chegar ao caminho da vitória - comenta.

De acordo com Flávio Araújo, para que o trabalho seja conduzido de forma positiva no América-RN é necessário dar uma nova motivação aos jogadores e resgatar, segundo o treinador, a boa autoestima na rotina do clube. Caso consiga, os gastos com contratações serão minimizados e o orçamento financeiro para a temporada não será estourado.

- Nós temos que buscar resgatar a capacidade desse elenco. Não podemos falar apenas em contratações, mas temos que valorizar a capacidade desse grupo que está no América-RN. Se nós conseguirmos resgatar, vai ser excelente, porque o clube não vai mais precisar contratar e vai ter a resposta dentro de casa mesmo.

Para auxiliar no departamento de futebol, o conselheiro Ricardo Bezerra foi escolhido para a função de diretor. Ele vai auxiliar a gestão ao lado de Carlos Moura Dourado, que exerce o cargo de executivo de futebol.


Leia mais em: globoesportern