quarta-feira, 17 de maio de 2017

"Conseguimos detectar os erros", diz técnico do América-RN sobre amistosos

Leandro Campos corre contra o tempo para corrigir erros do América-RN antes do início da Série D (Foto: Canindé Pereira/ América FC)

A derrota para o Campinense foi deixada de lado pelo técnico Leandro Campos na análise do último amistoso realizado pelo América-RN antes da Série D do Campeonato Brasileiro. A importância desse jogo, na avaliação do comandante alvirrubro, foi detectar as fragilidades táticas para corrigi-las a tempo da estreia contra o Murici, marcada para domingo. Depois de apontar os gols sofridos como falhas defensivas do Mecão, Leandro ressaltou o trabalho a ser feito no ataque.

- O mais importante nesse tipo de trabalho é que conseguimos detectar erro, sabemos o que temos que evoluir e que são muitas coisas ainda em relação a forma que queremos que o América-RN se desenvolva. Temos essa semana para trabalhar em cima dos erros, de posicionamento e de jogadas ofensivas, porque acho que nossa equipe trabalhou muito a posse de bola, mas isso não gerou ações ofensivas. É isso que nós temos que trabalhar para ter mais objetividade para não ficar com tanta posse de bola e sem criar nada - disse o técnico.

O técnico ainda lamentou o pouco tempo de preparação até o jogo contra o Murici, no domingo. O jogo tem início às 16h, na Arena das Dunas. Com uma equipe ainda em formação, Leandro revela que os atletas ainda não estão entrosados e que isso será desenvolvido ao longo da Série D. O fator casa serve como combustível para o time ir em busca do acesso à Série C.

- Todos nós sabemos da dificuldade que vamos encontrar no início da competição, nos três primeiros jogos. Nós temos nesse primeiro turno dois jogos em casa e um fora. Nesses dois jogos em casa nós temos que ter o torcedor ao nosso lado para passar essa barreira de três jogos que são muito difíceis porque estamos em uma fase de aprimoramento. É preciso entender que a nossa equipe vai ter problemas técnicos, táticos, e é preciso que haja paciência. Não vamos ter perfeição no início. Queremos minimizar ao máximo a quantidade de erros e para isso o torcedor tem que estar do nosso lado - completou.

Por GE RN Foto: Canindé Pereira