sexta-feira, 14 de julho de 2017

"Vamos buscar reverter essa situação com equilíbrio", diz dirigente do ABC

Leonardo Arruda diz que ABC vai se recuperar e que momento não é de desespero (Foto: Hugo Monte/GloboEsporte.com)

Um dia após a derrota por 3 a 1 para o Londrina, o vice-presidente de futebol do ABC, Leonardo Arruda, falou sobre o momento vivido pelo clube na competição. Após um início relativamente bom, a equipe contabiliza a quinta derrota consecutiva, o que a deixa na tão temida zona de rebaixamento. A penúltima posição preocupa diretoria, comissão técnica e torcida. Nas palavras do dirigente, a situação atual não estava em nenhum prognóstico.

- Tem que ter equilíbrio, temos que ter cabeça fria. E, se há um problema, vamos procurar a solução. Nós vamos buscar reverter essa situação com equilíbrio, sem desespero, até porque faltam ainda 25 rodadas e temos condições de ficarmos numa situação cômoda. Apesar das cinco derrotas consecutivas do ABC, se tivéssemos vencido apenas uma dessas, com certeza a carga emocional de todos nós seria outra porque não estaríamos no chamado Z-4. Se vencermos o Luverdense no proximo jogo, com certeza iremos sair porque ficaremos até melhor (posicionados) do que o próprio Luverdense - disse ao GloboEsporte.com.

Para Leonardo Arruda, já foi possível perceber uma pequena mudança no comportamento da equipe na partida da última terça-feira. Basta olhar para o autor do gol. Lucas Coelho, emprestado pelo Grêmio, deu uma nova movimentação ao ataque e marcou em sua estreia com a camisa alvinegra. Ainda há a expectativa em torno da estreia de Daniel Cruz, que aguarda regularização para estar à disposição do técnico Geninho, o que só deve acontecer na partida contra o América-MG, na próxima terça-feira.

Com o campeonato em andamento, aumenta a responsabilidade em fazer contratações que deem resultado imediato, e não apenas cheguem para dar volume ao elenco. Sobre isso, Leonardo Arruda afirmou que a diretoria, em sintonia com a comissão técnica, está atenta ao mercado e às necessidades do elenco para reforçá-lo adequadamente.

- O grupo não está fechado. Estamos buscando mais alguns atletas para o ABC, mas não podemos contratar apenas para 'ser mais um'. A prioridade é por atletas que estejam em atividade, que sejam úteis. Existem propostas, negociações com atletas, mas, além do acerto com o próprio atleta, precisamos da liberação do clube ao qual ele está vinculado - finalizou.

* Estagiário sob supervisão de Augusto César Gomes.

Por Hugo Monte*, Natal Foto: Hugo Monte via GE RN